Inspeção de empilhadeira para aluguel

Inspeção de empilhadeira para aluguel. Hoje nós iremos lhe mostrar como você poderá realizar a verificação e inspeção de uma empilhadeira, más antes de começarmos, se você está precisando alugar a sua empilhadeira, entre em contato conosco, estaremos prontamente preparados para lhe atender com total atenção.

Então vamos ao que interessa, veja agora como deve ser feito uma inspeção em uma empilhadeira!

Para iniciar a inspeção visual diária, você precisa de uma caneta e uma prancheta para anotar os possíveis problemas encontrados. verifique a lateral da máquina, procurando por avarias, caso você não tenha observado na última vez em que você operou. Verifique o capo da maquina, referente a amaçados e danos, diferente ao motor em geral, o indicio de possíveis vazamentos. Lembre-se vazamentos em geral poderá provocar danos aos componentes internos.

Inspeção de empilhadeira para aluguel – Verificando a cabine

Inspeção de empilhadeira para aluguel - Verificando a cabine
Inspeção de empilhadeira para aluguel – Verificando a cabine (Foto: Divulgação)

Visualize de uma forma geral todo o conjunto abaixo do capo, em seguida, verifique pneus, referente as condições, e também os parafusos de rodas. Observe se existe algo faltando, ou mal apertado. Em seguida, verifique colunas, protetor de cabine, referente a possíveis problemas, em seguida, verifique o cilindro de gás. Muito cuidado pois essa atividade poderá oferecer riscos. verifique conexões, mangueiras, registros, e caso perceba algum cheiro forte, não opere o equipamento, entre em contato com seu supervisor.

Verifique as alças e fixadoras de cilindro de gás, teste uma por uma e posteriormente, certifique se que todos os parafusos estejam bem ajustados, pois isso poderá provocar um acidente caso não esteja. Verifique também os radiadores, referente a possíveis interrupções de passagem de ar, pedaços de sacolas, pedaços de stress de modo geral. Caso o encontre, solicite a limpeza e a remoção dos mesmos.

Realize verificações ao contrapeso de modo geral no equipamento, caso encontre algum problema, relate em seu check list. Faça todas as anotações dos possíveis problemas encontrados, verificação da roda do lado direito, e selecione um limite óleo hidráulico. de modo geral, investigue possíveis vazamentos, como líquida do amortecedor, ou olho do motor.

A parte da Bateria e níveis de óleo

A parte da Bateria e níveis de óleo
A parte da Bateria e níveis de óleo (Foto: Divulgação)

Verifique também às condições da bateria, verifique referente a cabos mal apertados, indícios de falhas na bateria, vazamentos de eletrólito de modo geral. Em hipótese alguma, realize manutenções na bateria. Para verificações de níveis de óleo, sempre utilize uma flanela ou um pano que não solte fiapos, limpe ao redor do local ao redor do bocal de enchimento ou da vareta para evitar que possíveis sujeiras caiam para dentro do compartimento. Retire a vareta e faça a limpeza da mesma, coloque a vareta no orifício até o bocal, e retire para verificação. Não coloque a vareta uma posição vertical, esse procedimento lhe mostrara níveis errados. A verificação deverá ser feita na posição horizontal para que você não tenha um nível de forma inadequada.

As verificações de níveis de óleo nos compartimentos, preferencialmente devem ser feitas com o motor em temperatura fria, ou melhor, antes de funcionar o equipamento. Sempre mantenha todos os níveis entre a faixa mínima e máxima da vareta. Não ultrapasse os níveis e nem permita trabalhar com a máquina com nível abaixo da condição minima, isso poderá fazer sérios danos ao equipamento, consulte sempre do seu técnico mecânico.

Inspeção de empilhadeira para aluguel – Verificando a torre de inclinação e falhas de lubrificação

Inspeção de empilhadeira para aluguel - Verificando a torre de inclinação e falhas de lubrificação
Inspeção de empilhadeira para aluguel – Verificando a torre de inclinação e falhas de lubrificação (Foto: Divulgação)

Realize as anotações em seu check list e continue a inspeção. Neste momento, verifique as condições da roda dianteira, aperto de parafuso, e danos aos pneus deverão ser reportados. Verifique a coluna da parte frontal da cabine, dando seqüência a sua atividade. Indícios de falta do parágrafo, vazamentos de cilindro de locomoção da torre de inclinação, indícios de falhas de lubrificação, verifique a falta de adesivos, trincas pela coluna de elevação do equipamento, dutos com vazamentos e etc.

Verifique as mangueiras do lado esquerdo o sistema hidráulico referente a vazamentos, trintas, bolhas, indícios de algo que não esteja de forma correta e adequada. Verifique cilindros de inclinação da torre do lado esquerdo, neste momento verifique no sistema de transmissão, utilize uma flanela para limpar ao redor do bocal da vareta, evitando contaminações, limpe a vareta retirando o excesso de óleo, mantenha entre a faixa mínimo e máximo, evitando excessos e falta de óleo. limpe a vareta, e coloque no bocal de enchimento, de forma geral, verifique avarias no sistema referente a cabos desgastados, descascados, ou quebrados. verifique a lateral da máquina, posteriormente finalize a sua inspeção baixando o capô, certifique-se de que o mesmo esteja bem travado.